Páginas

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Especial Lua Nova – A família Volturi

Hoje foi o grande dia da estreia mundial de “A Saga Crepúsculo: Lua Nova”. Quem já viu ao filme levanta a mão! Eu já vi e posso adiantar que o filme é bom, porém, esperava mais, assim como muitos fãs da Saga e do cinema em geral. O que faltou para o filme? Acho que um bom roteiro. O roteiro foi muito arrastado e dava até impaciência ficar sentado na cadeira do cinema. Mas vamos deixar os comentários de lado porque essa ainda não é a minha crítica do filme. Esse post é especial a família Volturi, que dás as caras nesse segundo filme da Saga e já muda totalmente o rumo da história. Eles são os “fodas” do mundo dos vampiros.

volturihq3

A Saga Crepúsculo: Lua Nova” marca a primeira aparição dos Volturi, o mais próximo que o mundo dos vampiros tem de realeza e uma força importante no futuro da saga. Com séculos de idade e inimaginavelmente poderosos, eles servem como legisladores e policiais para a comunidade. O líder do grupo é Aro, interpretado por Michael Sheen. Sheen não é estranho a este mundo, tendo desempenhado o papel de um lobisomem escravizados pelos vampiros na série Anjos da Noite. Mas Sheen diz que havia outro nos sets encarnando tanto um vampiro quanto um lobisomem.

"Chris Weitz parece um cruzamento entre um vampiro e um lobisomem para mim", diz o ator. "Ele tem a aparência esculpida de um vampiro, e ainda é determinado como um lobisomem. Ele era como uma criatura mitológica grande andando pelo set".

Sheen desenvolveu uma vocalização distinta para Aro, mais aguda e mais precisa do que sua voz normal. Weitz observa que a sua entoação, talvez, surgiu de sua fala inicial sobre o personagem. "Essencialmente, o personagem é de 2.000 anos", diz Weitz. "Inglês não é sua primeira língua, então ele precisa falar de uma maneira calculada. Ele é extremamente gentil e agradável, mas também extremamente perigoso”.

Na verdade Sheen diz que inconscientemente, canalizou os assustadores e psicodélicos Blue Meanies de Yellow Submarine quando manifestou Aro. "Houve um momento quando de repente eu pensei, 'Oh, eu pareci um pouco como os Blue Meanies", diz ele. "Eu achei eles realmente perturbadores quando eu era  criança, então eu pensei que era uma boa coisa”.

DF-11667.jpg

Embora todos os Volturi sejam formidáveis, talvez o mais assustador é Jane, uma "inocente" vampira de cara angelical que pode infligir dor simplesmente por querer. Ela é interpretada por Dakota Fanning.

"Eu realmente nunca cheguei a interpretar uma pessoa ruim antes, mas neste, eu interpreto uma menina má ou uma vampira má, e foi muito divertido", diz Fanning. "Além disso, eu era um grande fã dos livros, eu li todos os quatro em cerca de uma semana, por isso foi emocionante ser convidada para fazer parte do filme”.

Parte da diversão veio da transformação física. "Eu comecei a usar lentes de contato vermelhas, que eram legais e mudou toda a aparência de tudo, literalmente", diz ela. "E a maquiagem branca... Eu pensei que era branquela antes, mas agora eu percebo, em comparação com um vampiro, que eu sou realmente muito bronzeada".

Kristen Stewart, que conhecera Fanning antes de seu envolvimento com o filme, diz: "Dakota é assustadora e malvada como Jane. Ela é uma das pessoas e atrizes mais impressionantes que eu já conheci. Ela realmente tem uma presença que é melhor você não mexer com ela. E você não espera, porque ela é uma menina. Ela é uma das melhores atrizes jovens por aí, e eu estou animada de começar a trabalhar com ela”.

Créditos: Paris Filmes

Mais novidades? Siga o blog no Twitter > @nomundoagora

1 comentários:

Ursula disse...

amei o poste *-*